Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

23
Jun 08

Estamos quase a entrar na silly season da política portuguesa. Antes disso, fez-se este fim-de-semana o Congresso do PSD, uma espécie de Regresso ao Passado. A bandeira do PSD voltou ao antigamente, as cores laranja estavam por todo o lado, o palco majestoso em forma de tribuna, o hino frenético, tudo como era d'antes. Porém, reina neste partido um silêncio de morte, a Dr.ª Ferreira Leite apenas venceu com pouco mais de uma terça parte dos votos, isto inevitavelmente atrai as hienas que no PSD esperam em ânsias pelo poder e pela agonia do governo PS.

Ouvir a Dr.ª Ferreira Leite falar de pobreza e desigualdade social é como ouvir Moonspell a cantar um fado de Amália Rodrigues, não bate a bota com a perdigota. Ela é o rosto das políticas agora seguidas pelo PS de combate ao déficit e ao aperto do cinto das famílias, como é óbvio entre ela e Sócrates há muito mais semelhanças do que diferenças.

Não terá sido um ensaio de Congresso, não terá sido um evento virtual? Senão vejamos, Santana Lopes encontrava-se de gripe no Hotel e não foi discursar; Alberto Jão Jardim não saiu da Madeira e disse não ter tempo para brincar aos Congressos; Menezes não sei se estava... Santana Lopes marca a diferença dentro deste partido, mas mais não está a fazer senão "andar por aí" à espera para voltar a entrar em cena. Quanto a Passos Coelho vai deixar passar o tempo para chegar a sua hora, muitos dos seus apoiantes estão dentro da lista do Conselho Nacional, quanto aos apoiantes de Santana Lopes estes dividiram-se nas listas dos seus opositores.

Quanto à ideia lançada por Marcelo Rebelo de Sousa sobre o Bloco Central, foi rapidamente negada por Ferreira Leite, mas uma coisa parece-me clara, alguma vez o Bloco Central em Portugal deixou de existir?

publicado por polvorosa às 10:18
tags:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links