Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

15
Set 08

Entre 16 e 22 de Setembro celebra-se a Semana Europeia da Mobilidade com o lema "Um ar limpo para todos", no dia 22 é o Dia Europeu sem Carros. No primeiro ano desta iniciativa do Dia Europeu sem Carros, ainda era o Dr. Abílio Fernandes presidente da Câmara e em anos seguintes já com o Dr. José Ernesto, colaborei com a Câmara de Évora. Desde essa altura, até hoje, a iniciativa repete-se todos os anos.

Apesar de consciente de não ser em apenas um dia que se resolve o problema da mobilidade e transportes nos centros urbanos, nem tão pouco esta iniciativa atacar as causas estruturais do problema, acho muito importante os municípios estarem presentes na fila da frente daqueles 59 municípios que debatem, estudam e propõem soluções para resolver as questões sobre a mobilidade dos cidadãos. Infelizmente Viana do Alentejo está ausente, porquê?  
publicado por polvorosa às 21:59

"Sento-me aqui nesta sala vazia e relembro. Uma lua quente de Verão entra pela varanda, ilumina uma jarra de flores sobre a mesa. Olho essa jarra, essas flores, e escuto o indício de um rumor de vida, o sinal obscuro de uma memória de origens. No chão da velha casa a água da lua fascina-me. Tento, há quantos anos, vencer a dureza dos dias, das ideias solidificadas, a espessura dos hábitos, que me constrange e tranquiliza. Tento descobrir a face última das coisas e ler aí a minha verdade perfeita. Mas tudo esquece tão cedo, tudo é tão cedo inacessível".

FERREIRA, Vergílio (1959) Aparição

publicado por polvorosa às 21:54
tags:

Excelente o trabalho jornalístico da SIC e da RTP1 em prime time no passado domingo. A RTP1 passou um trabalho denominado "A luz dos meus dias" sobre as mulheres de Santo Aleixo da Restauração e a vida comunitária das mulheres naquela freguesia do concelho de Moura. Interessante, já tinha sido transmitido uma vez, no Dia da Mulher julgo, retrata a vida de várias mulheres de uma comunidade rural a partir de Ana, uma moça obesa, trabalhadora, esforçada e muito engraçada. O Grupo de cantares feminino alentejano "As Papoilas" ganharam um outro fôlego.

A SIC também esteve bem, passou uma peça jornalística sobre a realidade económica e social dos professores na Noruega, em Portugal e na Guiné, temos mesmo muito a aprender com o modelo nórdico, o meu favorito.

 
publicado por polvorosa às 21:48

publicado por polvorosa às 21:46
tags:

Apontamentos positivos:

José Saramago criou um blogue para "comentar acontecimentos e expressar opiniões". Boa iniciativa, vou ler para conhecer, bem vindo José.  

  
Neste fim-de-semana decorreu a actividade de Paintball promovida pela Grupo Associativo de Jovens de Aguiar (GAJA). Actividade interessante, muitos participantes, muito público e animação. A GAJA fez um bom trabalho, mas, a repetir num outro local, a envolvente ao campo de futebol não oferece condições para esta modalidade.
 
No próximo Sábado (20/09/2008) vai decorrer o 1.º Passeio BTT Nocturno em Aguiar promovido pelo Clube de B.T.T. de Aguiar, espera-se uma actividade muito positiva.
 
Apontamento negativo:
O apontamento negativo vai para o chefe da missão portuguesa aos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Manuel Boa de Jesus é visado por "irregularidades na administração de financiamentos do Estado". Isto é tudo menos dar um bom exemplo aos jovens desportistas. 
publicado por polvorosa às 21:31

11
Set 08

2010 vai ser o Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social.

Está em fase de elaboração o Plano Nacional de Acção para a Inclusão (P.N.A.I.) 2008-2011, recomenda-se o seguinte:
Ouvir os parceiros sociais e a sociedade civil;
Mobilizar efectivamente pessoas em situação de pobreza;
Discutir com a sociedade civil o problema da pobreza e exclusão;
Acções concretas para reduzir a taxa de pobreza infantil, idosos, imigrantes, ciganos e portadores de deficiência;
Estudos de investigação para conhecer as realidades da pobreza e exclusão a nível regional, por exemplo, as novas formas de pobreza como são os sobre-endividados.
Aumentar as pensões dos idosos;
Melhorar a qualidade das respostas sociais (creches, lares, centros de dia);
Aumentar os programas de inserção dos beneficiários do RSI;
Não esconder as dificuldades da conjuntura económica e social internacional. 
 
O documento P.N.A.I. 2008-2011, bem redigido, coordenado pela Professora Doutora Fernanda Rodrigues não pode ficar apenas na gaveta, é importante sobretudo envolver os actores e as instituições públicas e privadas no diálogo entre si para agir consoante as necessidades identificadas. Aqui estão as propostas do Fórum Não Governamental para a Inclusão Social. Duas notas: primeiro, é fundamental Portugal produzir mais riqueza e crescer mais; segundo, por uma questão de equidade a redistribuição dos rendimentos deverá ser mais equilibrada para evitar que poucos tenham muito e muitos tenham pouco. 
 
Com pena minha, alguns municípios estão muito atrasados no planeamento de políticas sociais, por exemplo, Viana do Alentejo, ainda nem sequer tem um Plano de Desenvolvimento Social contrariamente a muitos municípios alentejanos e portugueses que já se encontram na fase de monitorização e avaliação. Perguntamos, estão os responsáveis locais à espera do quê? Vai ser essa também uma promessa eleitoral em 2009? As pessoas estão fartas de esperar, já chega, não lhes peçam mais tempo nem mais sacrifícios.     

A Universidade de Verão 2008 do PSD já passou. Este partido continua elitista, agora já nem à festa do Pontal os dirigentes se dignam ir confraternizar com os seus simpatizantes e militantes.

Pese embora reconhecer alguma importância na formação de jovens para a política, gostaria de deixar claro que sou contra a profissionalização da política como querem fazem os jovens acreditar e fomentar desde cedo esse espírito neles. Podem chamar-me conservador, não me importo, mas no meu modo de ver as coisas, primeiro importa formar jovens para ser cidadãos, depois prepará-los para a vida profissional e só depois tornar essa gente correligionária partidariamente. Sinceramente não aprecio ver jovens sem experiência e sem competências profissional cuja escolha da profissão é ser... político.
Contacto com muitos jovens, ainda hoje grassa muito a ideia que para ser alguém importante neste país é necessário ter um cartão de um partido político, não faz sentido. Sou daqueles a acreditar no trabalho e no esforço para obter mérito e recompensa, sem sacrifício as coisas não aparecem, não aprecio o facilitismo nem o "nacional porreirismo", as pessoas só devem chegar lá se forem capazes e trabalharem para isso. Passar a mensagem de esperteza saloia e matreirice, é a "má moeda contra a boa moeda" para fazer aqui uma analogia.     
As juventudes partidárias têm a sua relativa importância, mas serão elas representativas da sociedade civil? Elas têm jovens ciganos, imigrantes, sem-abrigos, portadores de deficiência como doença mental, toxicodependentes, pessoas infectadas com Sida, prostitutas? Poucos ou nenhuns representantes destes encontramos e até pessoas do sexo feminino são poucas nestas estruturas partidárias. As iniciativas dos partidos políticos para mobilizar os jovens são positivas, ainda mais se envolverem ideias e necessidade de utilização do cérebro, mas sou contra a instrumentalização da imagem para arrecadar mais alguns votos. Cada vez conta mais a imagem em detrimento do pensamento e das ideias, o essencial em vez do acessório, não é pois de estranhar a abundância dos "spin off" e o desaparecimento de cena dos verdadeiros políticos.  
publicado por polvorosa às 22:29
tags:

Em Julho de 2008, estavam registadas no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) 158 pessoas de Viana do Alentejo à procura de emprego. O desemprego afecta particularmente as mulheres, com efeito 101 mulheres pediram emprego no I.E.F.P. Registaram-se mais 57 pedidos de emprego dos homens. Ainda mais preocupante é o facto de 60 desempregados estarem inscritos no desemprego à mais de um ano, portanto, trata-se de emprego de longa duração. Temos ainda 25 pessoas à procura do primeiro emprego, enquanto 133 estão à procura de novo emprego. Agora vejamos o desemprego em Viana do Alentejo por grupos etários jovens com menos de 25 anos registam-se 29 pedidos de desemprego; pessoas com idade entre 25 e 34 anos registaram-se 45 pedidos de emprego; entre os 35 e os 54 anos 61 pedidos e pessoas com 55 e mais anos foram 23 pedidos de emprego. O principal motivo de inscrição no IEFP deveu-se ao fim do trabalho não permanente, estamos por isso a falar de emprego precário. Durante o mês de Julho apenas uma pessoa foi colocada no mercado de emprego em seis ofertas de trabalho registadas.  

 

Estas são as estatísticas dos pedidos de emprego do concelho de Viana, mas por trás dos números estão pessoas e essas têm rostos. São forçadas a trabalhos agrícolas pesados, obrigadas a emigrar para Espanha e outros países longíquos, são empurradas para o Rendimento Social de Inserção, tentam não passar fome e sobreviver no quotidiano como passar entre os pingos da chuva, têm necessidade de abandonar as famílias e as terras para obter formação em lugares distantes. É nesta gente que os eleitos e os governantes têm de pensar, devem a eles a obrigação de governar de acordo com as suas promessas eleitorais sem demagogia nem sacudir água do capote. 

 

Quais os investimentos externos captados para o concelho de Viana do Alentejo? Quais os resultados obtidos pelo Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Económico? Há resultados com o Programa Finicia - Iniciativas Empresariais de Interesse Regional (FAME)? Onde está a pequena Zona Oficinal de Aguiar? Quantos postos de trabalho as obras públicas municipais com investimento público vão ser criados? Qual a média salarial paga aos trabalhadores da Câmara Municipal de Viana? Qual o tipo de contratos, as habilitações escolares e acções de formação frequentadas pelos seus trabalhadores? Estas são algumas das questões que gostaria de obter informação para todos conhecermos melhor as políticas de apoio ao desenvolvimento económico concelhio.

publicado por polvorosa às 22:17

07
Set 08

A oferta extracurricular em Escolas Básicas do 1.º ciclo no Alentejo, nomeadamente Évora e Almodôvar alargou a sua oferta na música, em Évora aprende-se Hip-Hop e em Almodôvar aprende-se Modas de Cante Alentejano. É interessante esta ligação entre a escola e as comunidades locais, algo a que não estamos muito habituados. Mais informação sobre esta notícia aqui.

publicado por polvorosa às 11:35
tags:

publicado por polvorosa às 11:33
tags:

06
Set 08

Esta semana ficamos a saber que o CDS-PP estava sem Vice-Presidente à um ano! O Dr. Luís Nobre Guedes pediu a demissão ao Dr. Paulo Portas que a aceitou, até aqui nada de especial, mas sabermos apenas um ano depois e por uma investigação da comunicação social é no mínimo estranho.

Os militantes deste partido devem pedir contas ao seu líder e autor desta omissão aos filiados e simpatizantes do CDS-PP, este partido é cada vez mais de um só homem. Como curiosidade o Dr. Luís Nobre Guedes disse ser Barack Obama o seu candidato preferido nas presidenciais dos E.U.A. dá ideia de ter tomada duas decisões positivas.

publicado por polvorosa às 22:17
tags:

Depois de 4 anos de negociação o investimento da empresa francesa fabricante do avião Skylander já não vai ficar em Portugal. Consta que obtêm melhores condições em França na região de Lorena. É uma pena, foram criadas expectativas de postos de trabalho directos e indirectos, estava previsto 125 milhões de euros de investimento. Aqui pode ver a noticia do jornal Público.

A Câmara de Évora entretanto emitiu um comunicado alegando surpresa com este infeliz desenlace. Em todo este processo ficam muitas dúvidas no ar, as interrogações são muitas, na verdade todos já calculávamos que a montanha ia parir um rato e assim foi. Provavelmente aqui a culpa desta imbróglio é mesmo do investidor que andou a criar falsas expectativas aos alentejanos, mas também nunca gostei de ver as pessoas mandarem os foguetes antes da festa, não costuma dar bons resultados porque na vida empresarial, o que hoje é verdade amanhã é mentira.

Vamos esperar que o investimento brasileiro da Embraer seja mesmo verdadeiro e que traga efectivamente riqueza para a região. E agora, também não há nenhuma compensação para o distrito de Évora como na região da OTA? Sempre estavam previstos 3000 postos de trabalho.

publicado por polvorosa às 21:44
tags:

Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links