Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

28
Mar 11
publicado por polvorosa às 21:59
tags:

Passos rejeitou o PEC porque medidas não eram suficientes....

"Líder social-democrata escreve artigo no Wall Street Journal em que diz que chumbou o PEC IV de José Sócrates "não porque as medidas de austeridade foram demasiado longe, mas sim porque não foram suficientemente longe".

É uma falta de coerência, vir agora a oposição dizer que é preciso dar a voz ao povo. Eu concordo. O povo é quem mais ordena.
Mas, não foi o povo que escolheu o Sócrates para governar durante 4 anos?Se o povo não está contente, na altura própria o dirá.
Esta sede pelo poder, disfarçada, só quer dizer que os partidos não confiam no povo, acham que somos todos burros pois não soubemos escolher, e então a solução é vender banha da cobra até o povo se fartar o votar neles.
Os portugueses vão dar uma bofetada de luva branca a estes incompetentes.
Pelos vistos não é o PS que não sabe colaborar, mas sim estes politiqueiros da treta que querem é "pote"...
olho vivo a 31 de Março de 2011 às 13:22

Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links