Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

22
Mar 11

Foto retirada do blogue Rua de Alconxel


O Município de Viana do Alentejo tem a possibilidade real de assinar um contrato com a Direcção Geral do Tesouro e Finanças para recuperar o Palácio dos Henriques nas Alcáçovas bem como dinamizar um conjunto de eventos culturais naquele espaço com uma agenda articulada entre Associações locais, Direcção Regional de Cultura e Município. O financiamento virá através do Q.R.E.N. numa taxa de 85%.

 

É preciso dizer que os vereadores da CDU, o Sr. Estêvão Pereira e Sr. José Jacinto Bento Grave não querem o Palácio dos Henriques recuperado, preferem ficar à espera na sombra da bananeira, como estão há mais de 10 anos, armados ao cágado a exigir que o Governo faça tudo, como se isso fosse exequível. Até onde pode ir a demagogia e a irresponsabilidade destes eleitos? 

publicado por polvorosa às 19:23

Amigo polvorosa o senhor já passou com vinte valores na avaliação psicologica, veja lá senão volta aos estupefacientes...só alguém que se droga é que escreve o que o senhor escreveu. informe-se primeiro e fale depois. parece que os eleitos da CDU não fizeram nada disso. lambe botas é o que o senhor é. E claro não irá publicar isto porque não os tem no sitio
Anónimo a 22 de Março de 2011 às 22:04

TOTALMENTE FALSO!
O conteudo do texto que escreve apenas pode ser fruto de uma alucinação. A CDU absteve-se na votação e disse que está totalmente de acordo com a recuperação. Não concorda que seja a Câmara a fazer o favorzinho ao Governo e a substituir o ministerio da cultura. devia ser o Ministerio e não a Câmara a fazer a recuperação.
Esta é uma das muitas mentiras que o ps vai dizendo e sempre da mesma maneira.
informe-se para não escrever parvoices.
Anónimo a 23 de Março de 2011 às 09:28

Esta posição não me admira, para os derrotados de 11 outubro, quanto pior melhor, não querem que o nosso amigo bengalinha faça obra, mas lixam-se que elas estão a começar já a aparecer.
Anónimo a 23 de Março de 2011 às 09:44

Se a estupidez fosse tributada, estavas na miséria.
Anónimo a 23 de Março de 2011 às 11:20

estão a comecar aparecer onde? Em Aguiar não é concerteza....
Anónimo a 23 de Março de 2011 às 15:18

Disseram-me que o Estêvão absteve-se na votação por estar contra este modelo de cedência do palácio e que o João Pereira lhe escarrapachou nas ventas um ofício escrito pelo mesmo estêvão quando foi presidente da câmara a pedir exactamente aquela cedência ao governo, sim senhor, grande farsante, é precisa lata ò pá.
Anónimo a 23 de Março de 2011 às 23:26

A sério que te disseram? Quem?
parece que aquela reunião de câmara tinha gente a assistir até á porta. Empurravam-se uns aos outros! Quem te terá dito?
Anónimo a 24 de Março de 2011 às 09:39

Tá bem pá, assobias para o lado. Mas diz lá se é verdade que escrevestes a tal carta a pedir ao governo o mesmo que agora reprovas.
De qualquer forma a acta será pública.

Anónimo a 24 de Março de 2011 às 17:32

Disseram-te foi? Porque não vais ler as actas.
Anónimo a 24 de Março de 2011 às 10:33

Nem precisa falar nisto, esperamos e desesperamos com a CDU que não quis fazer nada naquele espaço desde que ganhou eleições. è até aquilo cair de podre. Sabemos bem quem quer fazer pelas nossas coisas.
Anónimo a 24 de Março de 2011 às 16:19

As ervas da fotografia não são as ervas do tempo da CDU. essas pareciam uma selva. mato grosso.
concordam com a recuperação, mas que não seja a camara a fazer. so tangas. pensam que o povo é doido, não?

Anónimo a 24 de Março de 2011 às 18:31

Não vai ser preciso muito tempo para perceber a "qualidade" desta intervenção da Câmara. O Gainho e o Bengas estão a estampar-se diariamente. Mesmo que mandem areia prós olhos dos outros, não vão ganhar nada com isso. As merdas do urbanismo são mais que muitas e só sabem falar dos outros para não falarem deles próprios, o gainho é do pior que aqui apareceu, até dá dó.
Anónimo a 25 de Março de 2011 às 15:58


O que são mais que muitos são os processos de urbanismo do anterior regime que estão na Judite.

Anónimo a 28 de Março de 2011 às 09:35

Um dia destes esses vão sair de lá e vão passar a ser os teus. Os do urbanismo os dos subsidios de mentira, os dos pagamentos de favores politicos a usar terceiras entidades e etc e tal. Deves pensar que os outros andam a dormir. Já agora, quem está muito contente contigo são os empresarios dos chocalhos das Alcaçovas, com o facto de teres ignarado propositamente um sócio da empresa. Até o outro que é todo socialista te tava a roer na pele. Onde tocas estragas, ens mesmo um geitinho especial para fazer porcaria!
Disseram-me que foste posto no olho da rua do grupo coral das alcaçovas. Andavas a fazer a lista e foste posto a andar pelos outros. Se calhar achas que são os outros que estão errados.
Anónimo a 29 de Março de 2011 às 09:53

Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links