Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

23
Out 09

Ficamos a conhecer a composição do novo Governo. Entre aqueles que ficam nas mesmas funções ou transitam para outros ministérios parece não existir grande surpresa. O destaque vai para aqueles que tal como as formigas trabalham arduamente nem sempre com visibilidade. Neste caso a escolha de António Serrano para a difícil pasta de Ministro da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural é a prova que é possível subir na vida com trabalho mesmo vindo de uma família humilde de Beringel.

 

Para o Alentejo considero uma boa notícia existir um alentejano à frente das políticas do Desenvolvimento Rural, acho mesmo que os municípios alentejanos podem beneficiar com esse facto porque é alguém que conhece muito bem a nossa realidade e a particularidade da agricultura praticada no sul. 

Acho que o encruzilhado PRODER tem agora uma oportunidade de ser bem amanhado e ainda vamos a tempo de aproveitar as verbas da União Europeia para melhorar a competitividade do sector agrícola português. Ao António Serrano, mais do que boa sorte, desejo bom trabalho.    

publicado por polvorosa às 17:37
tags:

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links