Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

15
Set 09

Um amigo avisou-me que estava um texto publicado no blog do estevao. Fiquei a conhecer o blog em causa, muito bem, mas não gostaria de passar por aqui sem fazer uma nota. Em Agosto de 2008 o Sr. Estêvão Pereira criticava os blogs, dizia mal dos "tudólogos", na altura escrevi um post aqui porque acho que a blogosfera pode esclarecer e informar os cidadãos, agora mudou radicalmente e tornou-se bloguer, será eleições à porta? De qualquer modo, regista-se a mudança de opinião e benvindo pois ao universo dos blogs.

 

Há exactamente um mês, escrevi aqui um post sobre o investimento no distrito de Évora no âmbito do porAlentejo. O Sr. Estêvão Pereira veio dizer que estava mal, pois bem, a minha fonte é o Relatório do "porAlentejo". A Câmara tem obrigação de prestar estas contas, mas nada, é mais fácil mostrar bonitos boletins recheados de fotografias do chefe com a barba aparada.

Numa fase em que as boas práticas mostram que se deve apostar e investir nas pessoas, o QREN está feito para o capital humano, a Câmara de Viana do Alentejo apenas investiu 8.600,00€, foi no Programa de Estágios na Administração Local, corresponde a 0,3% do custo total das Piscinas de Alcáçovas! Isso mesmo, não chega a 1%, é uma vergonha e ridiculo a ausência de investimento no FSE.

É verdade que há a zona dos mármores e a zona do Alqueva, mas quem andou a negociar estes assuntos não soube ou não conseguiu melhores contrapartidas para o concelho, porquê? Porque é que a Câmara não fez mais candidaturas e investimentos úteis no eixo 1 e 3?

 

Calculo que saiba que no "porAlentejo" entram 3 fundos: o FSE, o FEDER e o FEOGA (o concelho também beneficiou um bocadinho do Feoga através dos 273.288,38€.

Claro que as contas podem ser feitas assim porque soma-se e obtem-se o total de todos os eixos. Só para lhe recordar que isto é um argumento coxo porque como bem sabe no eixo 2 só aqui entram 4 concelhos num total de 14 por isso a argumentação aí é muito inconsistente. Para além destes 4, tivemos mais 9 concelhos que não estão integrados no eixo 2 "Acções integradas do norte alentejano e zona dos mármores" mas tiveram mais investimento e beneficiaram mais dos fundos do que Viana.

 

Em 14 concelhos do distrito de Évora, apenas 5 concelhos beneficiaram do eixo 4 (Desenvolvimento integrado da zona de Alqueva). Para além destes, há mais 8 concelhos com mais investimento e mais co-financiamento das ajudas comunitárias do que o concelho de Viana por isso conclui-se que se perderam oportunidades de captar riqueza para o concelho. Se acha que o Alqueva é importante, eu acho que é, gostava de saber o que a Câmara fez para beneficiar do Alqueva, seja no Turismo seja na componente Água?

Estes argumentos não colam, por exemplo, só no eixo 1 nas homologações após 01/01/2005 Portel investiu 110 milhões, Borba investiu 15 milhões, Reguengos 14 milhões, enquanto Viana investiu 3 milhões e 800 mil, por isso não me digam que é um problema de eixos.

 

Andamos a brincar com coisas sérias, sem um Plano Estratégico de Desenvolvimento, o concelho anda aqui sem designios, sem prioridades, sem futuro. Os outros concelhos têm diagnósticos e plano estratégicos nas áreas de competência, o nosso concelho não tem visão. O pior cego é aquele que não quer ver. Mais 4 anos com esta equipa dos Sr. Pereira e Garcia é puro masoquismo.

 

Os fundos estruturais são o FEDER, o FSE e o FEOGA

 

AF Por Alentejo I
publicado por polvorosa às 00:33

João, obrigado pelo esclarecimento. Emborra esta seja uma área menos boa para mim não é dificil de perceber algumas coisas depois de uma boa análise dos quadros.

Abraço
peixebanana a 15 de Setembro de 2009 às 10:21

O assunto é denso e difícil de perceber para o comum dos munícipes. Como é seu hábito o actual presidente da câmara puxou dos seus galões e vá de atirar à cara das pessoas com uma série de palavras caras, onde só faltou aquela famosa expressão do: não se metam que isto é muito complicado. Felizmente a equipa que Bengalinha está a reunir à sua volta é sólida, não está a dormir, tem ideias e projectos e sabe do que fala.
O concelho merece melhor que este Portugal dos Pequeninos em que nos têm vindo a transformar.
Ainda pensei em escrever um comentário no blogue da campanha do Estêvão, mas para quê falar com quem mandou fazer uma porta para entrar pelas traseiras e há mais de oito anos não quer falar com ninguém?
Parabéns a todos e continuação do bom trabalho.
Anónimo a 15 de Setembro de 2009 às 15:44

Obrigado amigo João pelo esclarecimento.
Assim não há dúvida que o nosso Concelho fica na cauda do Alentejo.
Um abraço
Eu a 15 de Setembro de 2009 às 22:47

Em Que Verdade Será a do Sr. João Pereira?, o Senhor Estevão no seu homónimo blogue tece comentários ao artigo publicado no Vida Nova pelo candidato o Senhor João Pereira.

Começa fazendo um grande alarido, pois só agora é que se apercebeu daquilo que toda a gente já tinha percebido (mesmo aqueles sem estudos), que a candidatura do Senhor Bengalinha, com a sua génese num movimento de pessoas de todos os quadrantes políticos, é apoiada pelo Partido Socialista.
Passado esse ponto alonga-se demoradamente na frase "(...) a actual administração municipal responsável pelo último lugar do pelotão no ranking dos concelhos alentejanos em que nos encontramos (...)". Contesta a existência do rank contrapondo com uns outros que ele conhece, mas que estranhamente também não especifica. Fala somente de um anuário financeiro dos Municípios Portugueses que como seu nome diz, refere-se ao desempenho financeiro da autarquia, o que não terá a ver forçosamente com desenvolvimento.

Quando eu esperava que o agora bloguista se debruçasse exaustivamente sobre cada um dos doze pontos que na realidade constituem o âmago do artigo do Senhor João Pereira, não, calou-se e quedou-se por ali, mais não dizendo. Sinceramente fiquei desiludido, esperava mais deste amante do diálogo e do debate, em plena campanha eleitoral.

Desconheço a que rank o Senhor João Pereira se referia, não sei se é real ou metafórico, mas compreendo perfeitamente o que ele pretende dizer. E o senhor presidente também devia e tinha obrigação de saber do que é que o candidato está a falar. Bastaria para isso que se metesse no ferry, saísse da sua ilha e visitasse alguns concelhos limítrofes, por exemplo, os dos presidentes de câmaras que cá trouxe outro dia. Mas como normalmente voa directamente para outras ilhas, é natural que lá do alto não dê para se aperceber das outras realidades que nos cercam.

Afirma, entre outras coisas (e como é bom a afirmar coisas e como o faz com um ar convicto), que o nosso concelho é um dos que apresentam melhores resultados ambientais. Só por esta afirmação desconfio logo da veracidade das outras. Todos sabemos que temos a rede de águas completamente podre, com roturas quase todos os dias e agora a ser coberta vergonhosamente por enormes remendos de alcatrão. Já por aí ouvi dizer várias vezes, e não tenho razões para não acreditar, que cerca de metade da água que por lá passa se perde. A rede de esgotos é a mesma coisa, podre com as águas das chuvas a irem em muitíssimos casos, para o mesmo lado das dos esgotos. As estações de esgotos podem lá estar, mas convido o senhor presidente a fazer uma visita a todas elas e a analisar com o seu douto nariz, a qualidade dos esgotos à saída para as linhas de águas.

Poderia aqui continuar a falar da qualidade dos equipamentos executados por iniciativa camarária, do crescimento das vilas dormitórios, da maravilha que são os nossos centros históricos, de como o nosso património está tão carinhosamente abandonado e por aí em diante. Mas não iria dizer nada que a generalidade das pessoas não se tenham apercebido já.

Sabe senhor presidente, como andamos cá por baixo vamos no dia-a-dia, ano após ano assistindo a transformações nos outros concelhos que não vimos por cá. Já nos cansámos de esperar, agora só queremos mesmo é Ruptura e Mudança!

Zé Coxo
Anónimo a 15 de Setembro de 2009 às 23:46

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links