Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

18
Jun 09

O Primeiro Ministro José Sócrates está diferente. Ouvi a entrevista e não deixo de concordar com a maior parte do que disse. Gostaria que tivesse falado mais do combate ao desemprego e do apoio às pequenas e médias empresas. Sobre a linha do TGV Lisboa-Porto-Vigo discordo.

As Reformas da Educação, a Reforma da Segurança Social e a Reforma da Modernização Administrativa foram felizes mas não chega, as pessoas estão a viver tempos difíceis, a maior parte com menos dinheiro no bolso, daí que tenham penalizado o PS e Sócrates nas eleições europeias.

Agora o que vai estar em causa nas eleições legislativas é escolher quem será o próximo Primeiro Ministro e a escolha é entre o PS representado por Sócrates e o PSD de Ferreira Leite. Sobre o primeiro já conhecemos algumas ideias programáticas, sobre a segunda conhecemos muito pouco. Uma das ideias defendidas pelo PSD é a privatização da educação, a privatização da saúde e a privatização dos sistemas de segurança social.

Os partidos têm obrigação de apresentar as suas propostas e os portugueses devem lembrar-se que Ferreira Leite já foi ministra da Educação e das Finanças e foi um verdadeiro desastre.   

Para já uma coisa é certa, nas legislativas não haverá maioria absoluta de nenhum partido, por isso ambos os partidos ao centro estão mais dialogantes e amáveis, a hipocrisia também aumentou.    

publicado por polvorosa às 00:02
tags:

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links