Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

23
Mar 09

Junto à entrada de Viana do Alentejo vindo pela estrada de Vila Nova da Baronia estão carradas de lixo espalhado pela berma. Uma vergonha.

 

As acções de alfabetização estão mesmo a fazer falta em Viana! Não querem crer no que lhes digo.

 

Um pouco mais à frente deparamo-nos com a paragem de autocarros do Século XXI...

 

E para terminar esta entrada em Viana do Alentejo em beleza vindo por aquele caminho, nada como um bom local para descansar sentadinho a ler o jornal e tão bem acompanhado... por um caixote do lixo e plantas intrusas. Não há dúvida que isto é qualidade de vida e deve atrair imensos turistas para o concelho.

publicado por polvorosa às 20:50

Embora tenha ficado um bocadinho apanhado pelo banco encarnado com caixote do lixo, porque acho uma peça de design muito interessante e pratica pricipalmente para comer amendoins com casca. O meu preferido é a paragem dos autocarros só porque é muito querida e deve ser muito quentinha.
peixebanana a 24 de Março de 2009 às 01:39

Tão mau como essa falta de sensibilidade por parte da autarquia, é o actual Presidente ser novamente candidato da CDU e nós termos mais 4 anos de Dr. Rita, de marasmo, de betão e pouca visão para o futuro ou seja mais do mesmo, e desenvolvimento zero.
Isto significa que a CM continuara a ser gerida por o Casalinho inseparável , e muito amoroso, contra tudo e vontade de todos.
Anónimo a 24 de Março de 2009 às 08:18

Realmente Viana está uma vergonha, este edil só tem feito porcaria...
Vianense a 24 de Março de 2009 às 09:19

Obras publicas e desenvolvimento passam também por requalificar o que já existe e que é muitas vezes a cara de uma terra ou concelho. Assisti-se cada vez mais ao esquecer das pequenas coisas quando se tem na cabeça construções 'megalómanas' e que em nada irão ajudar no desenvolvimento ou mesmo na utilidade publica que poderão ter. é pena que muito seja esquecido ou muitas vezes mal aconselhado. como se costuma dizer, diz-me com quem andas, dirte-ei quem és !
André a 24 de Março de 2009 às 11:33

A paragem está demais...


E o burro sou...
(o verdadeiro, uma vez que recentemente anda por aí um homónimo, mas já fiz o registo, para evitar futuras confusões)
E o burro sou eu a 24 de Março de 2009 às 16:17

Para mim, sem desprimor para as outras fotos, a vencedora é, indubitavelmente, a "Paragem de autocarros do Século XXI"... :) Só com humor se pode levar isto a sério!...
Anónimo a 25 de Março de 2009 às 00:00

Em relação às fotos elas falam por si... Mas em relação a esta zona do concelho tenho que confessar que há algo que me custa mais ver. As pedreiras abandonadas são autênticas feridas abertas no nosso concelho. Espero que um dia a autarquia tenho como uma das prioridades a política ambiental e que possa apresentar um plano de requalificação daquela área. Existem imensas metodologias conhecidas para recuperar aquele tipo de paisagem. Se tal for feito, o potencial daquela área subirá em flecha.
Tarwin a 25 de Março de 2009 às 10:11

Sobre pedreiras abandonadas, o que é que o nosso executivo fez para não fecharem?
Foram falar com o ministro da economia, com fez o autarca de Aljustrel, relativamente aos problemas de desemprego recentes na mina?
Anónimo a 26 de Março de 2009 às 02:02

Esta gestão laxista, foi a pouco e pouco habituando as pessoas a viverem no meio do feio, do sujo, do desarrumado. De tal forma que actualmente a maioria dos residentes convive com isso como se esta realidade fosse absolutamente normal. É fácil de ver que não é, quando visitamos outras terras vimos outras formas de fazer as coisas. Já por aí li na blogosfera um comentário de alguém que lançava o desafio de se perguntar aos nossos amigos e familiares que residem fora do Concelho, quais as suas opiniões sobre o aspecto das ruas, dos jardins, etc. Concordo que será um bom exercício a fazer, muito elucidativo certamente para quem ainda possa ter dúvidas do que por aí já muita gente vai dizendo.

Reparem, se o desleixo chegou ao ponto a que chegou nestas questões relativamente simples de cuidar, imaginem-se as trapalhadas que não irão naquelas que não estão à nossa vista! Isso é que me assusta!
Anónimo a 26 de Março de 2009 às 11:37

E não apresentam as casas degradadas que a Cãmara podia mandar os donos derrubar ou então arranjar.
As fotografias dos buracos nas ruas .....
Os garrafões de água às portas das pessoas( para impedir que os cães lá mijem), porque a Câmara não tem canil para prender os cães que andam à solta( nunca vi terra com tanto garrafão).
Os bairros novos com capim ....
Fico por aqui , qualquer dia envio-lhe fotos para publicar
Anónimo a 28 de Março de 2009 às 23:36

Por aqui se vê..... o respeito que têm por NÓS
Coloca-se um caixote do lixo, junto a um banco para as pessoas descansarem?
De quem seria a ideia que projecto a colocação de dois objectos? Um tão mal cheiroso outro tão reconfortante a quem precisa de descansar as pernas!!!!
É de facto de quem não tem cabeça para pensar nem olhos para ver!!!
Enfim .....(quem fez pensou)... isto é para eles( POVO) o que interessa é haver o lugar não importa, qualquer coisa serve.....
Anónimo a 29 de Março de 2009 às 13:51

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links