Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

16
Fev 09

 
Sócrates cometeu um erro. O reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo já deveria ter acontecido no parlamento por proposta do verdes e do BE, adiar esta discussão para 2009/2010 é um disparate político. A eutanásia não é um assunto prioritário nos dias correntes. A regionalização não é o assunto que tire o sono aos portugueses. Sócrates fez um erro político, mesmo dentro do PS não são estas temáticas que importa discutir entre militantes.
 
A moção da "Força da Mudança" de Sócrates ganhou com 96% dos votos. A moção tem realmente muita política de esquerda, vai buscar algumas causas esquerdistas e até as chamadas questões "fracturantes". No meio daquela panóplia de acessórios esqueceu-se do essencial: o combate à crise, ao desemprego, à precariedade, apoio social, apoio à economia, preservação do ambiente, valorização da cultura, aposta na educação e investigação, combate à corrupção e fraude, etc. Sócrates não introduziu estes temas no tempo certo, tudo tem um tempo, este é o tempo destes temas.
 
Sabemos como no meio da poeira, é mais difícil ao caminhante encontrar o caminho. Talvez fosse mais adequado definir claramente as prioridades políticas, alavancar os recursos necessários, apontar para aí as discussões, as energias e os investimentos públicos. Acho que o país ganhava mais e provavelmente os portugueses reconheceriam esse esforço ao governo do Eng.ª Sócrates e talvez ainda pudesse pensar em maioria absoluta, desta forma vai ser mais difícil. Vamos analisar com atenção a prestação no Congresso do PS, pode ser que a emenda seja melhor do que o soneto, o facto de Alegre não ir à luta não pode ser considerado positivo.   
publicado por polvorosa às 18:16
tags:

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links