Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

04
Fev 09

 

Num período económica e socialmente muito difícil, infelizmente torna-se vulgar manifestações de racismo e xenofobia. Isso acontece um pouco pelo mundo fora, porém, quando se trata agora dos portugueses e italianos que foram para Inglaterra trabalhar numa refinaria não podemos pactuar com as ideias de alguns arruaceiros ingleses que pensam que os trabalhos em Inglaterra são para os ingleses. Estão enganados, com a globalização abriram-se as fronteiras europeias e há um espaço de livre circulação de bens, produtos e serviços. Com receio, metade dos portugueses dessa empreitada já vieram embora.     

Este tipo de mentalidade xenófoba é errada e primária, mas a minha dúvida é saber se não vamos ver disto muitas mais vezes nos próximos tempos! Espero que os governos europeus saibam ultrapassar estas vergonhosas situações e esperar que em Portugal não aconteça nada semelhante.  

publicado por polvorosa às 17:36
tags:

O problema deles não é só acharem que o trabalho em Inglaterra é só para eles, mas verem que quem vem de fora sendo mais mal pago faz o trabalho que muitos não querem e bem melhor. parece-me deja vu com uma pais à beira mar plantado a que ainda chamam de Portugal, por isso deixe-me que lhe diga que em Portugal já há muito que existe, mas nesses aspectos ainda sabemos ser bem mais civilizados que aquela gentinha (eu bem que queria proferir uma outra palavra) em terras de sua majestade!
André a 4 de Fevereiro de 2009 às 21:12

Concordo.
Acho que patrões e trabalhadores chegaram a acordo para 50% dos postos de trabalho serem destinados para os ingleses, os outros 50% para imigrantes, neste caso portugueses e italianos.
Estranho mundo este! Em pouco tempo demos uma volta de 180 graus em matéria de direitos, liberdades e garantias dos trabalhadores. Temo que o pior ainda esteja para vir.
polvorosa a 5 de Fevereiro de 2009 às 13:06

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links