Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

27
Fev 13

Exmo. (s) Sr. (s), O Cineteatro Vianense convida-vos a assistir, este fim de semana, à sua programação cultural, que conta com a apresentação da Peça de teatro “Café do Absurdo” (com a participação especial do ator João Maria Pinto, da série “Malucos do Riso”) e ainda o espetáculo “Enquanto há força”, por Nuno do Ó, que presta homenagem a Zeca Afonso.

 

"Café do Absurdo", Sábado, 2 de março* 21h30

Sinopse:

Num pressuposto café

Onde pressupostamente também se bebe café

Onde se desmascara o ridículo

Onde as conversas sem nexo, fazem todo o sentido

Onde se canta e descanta

Onde se é poeta e louco

Onde só a criatividade e a livre expressão têm lugar

Onde tudo pode acontecer…….

Afinal….tudo na vida podia ser tão simples….

AHHHH!!!!

AH?????

AH!!!!!!

Há espetáculos assim……

 

Classificação: M/12

Duração: 80 min.

Género: Comédia

Produção: Quarto Crescente

Participação Especial: João Maria Pinto

Apoio: Monte da Moirana – Turismo em Espaço Rural

Projeto “Peça a Peça”

 


"Enquanto Há Força", Domingo, 3 de março* 21h30

 

Sinopse:

No dia em que se comemoram 40 anos do agendado concerto de Zeca Afonso, no Cineteatro Vianense, que acabou por não se realizar devido à intervenção das forças policiais, Nuno do Ó apresenta, pela primeira vez, o espetáculo “Enquanto há força”, exclusivamente dedicado à obra de José Manuel Cerqueira Afonso dos Santos. “Enquanto há força” traz-nos um espetáculo de memórias do inegável legado de José Afonso, que não só não podemos ignorar como também devemos dar continuidade “porque aos tempos de hoje, os apelos das palavras de ontem, parecem cada vez mais ganhar sentido”.

 

Organização: CMVA

 

Colaboração: CulArtes

 

Estas e outras informações culturais podem ser consultadas na Agenda Cultural Online: http://agenda.cm-vianadoalentejo.pt/

 

Cineteatro Vianense

 

Câmara Municipal de Viana do Alentejo

publicado por polvorosa às 19:26
tags:

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links