Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

10
Set 11

Para defender os “fracos e oprimidos”, o líder do Partido Socialista quer ver o Zorrinho na liderança da bancada do PS. «Numa altura em que há cada vez mais fracos e oprimidos, o PS precisa do Zorrinho na linha da frente da luta contra as injustiças. Aviso já, no entanto, que Zorrinho é uma segunda escolha, porque nós queríamos o Zorro à séria, mas ainda morava mais longe que a Inês de Medeiros, não deu», explicou António José Seguro.

 

Entretanto, ao que o Imprensa Falsa conseguiu apurar, a presidente do Parlamento, Assunção Esteves, já autorizou que Zorrinho deixe o seu cavalo, o Tornadinho, amarrado ao Parlamento, sendo que o deputado também poderá usar mascarilha, capinha e espadinha nos plenários.

 

Na sequência desta notícia, PSD e CDS disseram que não precisam de mais heróis, porque já têm o Miguel Relvas, descendente de D. Sancho I, o Povoador, pelo menos a ver pelo que fez no seu gabinete.

 

visto em http://www.imprensafalsa.com

 

publicado por polvorosa às 09:39
tags:

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links