Azáfama; grande atividade; agitação; rebuliço.

05
Ago 10

 

 

 

 

 

 

Chamada de atenção: o pequeno Parque Infantil de Aguiar no Jardim Público está a necessitar urgentemente de arranjo e manutenção. Acho que Aguiar merecia um equipamento melhor e com outra dimensão, mas para já é o que temos. Agora a questão é os equipamentos infantis estão aqui bastante degradados. Nos cavalinhos de madeira há lascas afiadas muito perigosas para a saúde física das crianças; junto ao escorrega existe cabos de aço já com pontas saídas e sem revestimento. As escadas do escorrega e o cavalinho de mola não estão apertadas correctamente. Os baloiços já estiveram presos por arames com pontas de fora.

 

Esta situação é insustentável para a saúde dos nossos filhos e das crianças visitantes de Aguiar. Espero que a Junta de Freguesia de Aguiar cumpra rapidamente a Lei que até é bastante rigorosa nesta matéria e das duas uma: ou faz os arranjos e manutenção necessária ou a ASAE é obrigada pela lei a fechar esse equipamento por uma questão de segurança. Não podemos é ficar à espera que aconteçam ferimentos em crianças para depois agir.

publicado por polvorosa às 22:49

eu já ouvi a conversa que esse assunto está a ser tratado.
Informe-se se fizer favor, já que tambem é eleito deve ter mais facilidades do que nós.
anonimo a 5 de Agosto de 2010 às 23:30

displicência.
anonimo a 6 de Agosto de 2010 às 09:30

Imaginemos que eu era um gajo da ASAE e que ia fiscalizar o parque infantil de Aguiar.
As questões:
A quem pertence o espaço?
O espaço é neste momento da Câmara Municipal de Viana do Alentejo.
O que existe no espaço?
Um edifício com várias valências. (salão de festas, cafetaria, biblioteca, salas de associações)
Um ringue desportivo polivalente.
Um jardim.
Um parque infantil.
Quais os espaços que se encontram licenciados?
Nenhum.
Quem é a autoridade responsável pela ilegalidade?
A Câmara Municipal de Viana do Alentejo.
A quem pertence o parque infantil?
Deve ser da Câmara, mas também pode ser da Junta de Aguiar. Até à um ano era da herdade dos casões.
E já que vou fiscalizar o Parque infantil, aproveito e fiscalizo o resto.
Cadê a licença de utilização da cafetaria, cadê a licença de utilização da biblioteca e do salão de festas, cadê o edificio.
Se calhar é melhor nem começar, vou antes a Viana beber um copo.
Anónimo a 6 de Agosto de 2010 às 14:02

Você não aprende mesmo,continua a falar do que não sabe obviamente sai asneira. Esse desejo que tem de dizer mal da C D U só serve para mostrar ás pessoas quem elegeram para nos representar na Assembleia Municipal .
Se o arrependimento mata-se não havia coveiros suficientes no concelho.
Anonimo a 13 de Agosto de 2010 às 00:22

Essas foram as merdas que uns quantos parvos de Viana com o consentimento de outros de Aguiar deixam de herança. Isto vai ter que mudar e é já.
Anónimo a 13 de Agosto de 2010 às 09:05

Heranças boas na minha opinião. Mas não podem durar sempre por isso convém fazer uma manutenção de vez em quando. Ou estão á espera que sejam os tais parvos (que o comentador anterior refere) a executar os arranjos necessários.
Será que o srº Polvorosa desconhece que sempre foi a Câmara a assumir essa responsabilidade e que nas outras duas freguesias ainda hoje o faz.
Sei que o PS tudo fará para que em Aguiar tudo corra mal pois ficou-lhe atravessada´
O que não posso e não aceito é que duas ou três pessoas que caíram aqui de pára-quedas passem o tempo a dizer mal de tudo e de todos.
Sorte tiveram as pessoas que vos aturaram no passado e agora nem querem nem ouvir falar de vós. Façam um favor finjam que vão de férias não voltem mais.
Anonimo a 16 de Agosto de 2010 às 00:54

Contador
Correio electrónico:
polvorosa@sapo.pt
comentários recentes
Deslize ou talvez não a despedida não é inédita. "...
"De lembrar que no contexto mais difícil desde que...
Respeito o seu comentário, mas eu cá acho que foi ...
Achei descabido a alusão a Eusebio no discurso da...
Estatisticas de funcionários nas autarquias a níve...
pesquisar neste blog
 
links